Comunicação no trabalho: 5 passos para você ser ouvido

  •  

comunicação no trabalho

 

No ambiente de trabalho, muitas vezes, existem inúmeros ruídos que atrapalham a comunicação e dificultam que você seja ouvido. Em outras palavras, sua mensagem não é escutada e absorvida pelos seus colegas ou líderes, sendo rapidamente abafada pelos outros.

Para evitar que sua mensagem seja mal-entendida ou mesmo ignorada, é importante adotar uma postura de segurança e clareza ao se comunicar.

Muitas vezes ao dar uma sugestão ou mesmo expor uma ideia, deve-se manter um cuidado. No momento de comunicar a informação que não for passada de forma lógica, a pessoa que está ouvindo pode se confundir ou mesmo perder o interesse pelo que está sendo falado.

Assim, é importante ser assertivo ao passar uma mensagem, para conseguir os resultados de sua mensagem.

 

O que é comunicação?

A comunicação é um processo milenar que permeia todas as civilizações existentes no planeta. Os seres humanos se comunicam entre si através de diversos canais, e essa atividade é essencial para a vida em sociedade.

A comunicação tem a função de integrar, instruir, auxiliar a trocar informações, permeando o desenvolvimento através de sua transmissão. O processo de comunicação inicia-se com um emissor, que passa a mensagem a um receptor que compreende e interpreta a mensagem.

A forma que a mensagem é passada e decodificada por quem recebe, é chamado de sistemas de sinais de comunicação, exemplo: língua, imagens, cores, símbolos e entre outros.

Existem diversas formas de transportar esses sinais, que são chamados de canais de comunicação, por exemplo: fala, escrita, imagem de TV, foto, e-mail e etc.

Outro detalhe é que podem haver interrupções na comunicação, que afetam como a mensagem é recebida. Esse elemento chama-se ruído, e acontece quando o receptor não consegue ter uma percepção correta da mensagem.

Você pode se interessar também pelo artigo: Perguntas mais temidas em entrevistas de estágio: aprenda a se sair bem!

 

5 passos para auxiliar você na comunicação

 

1 – Envolva o seu ouvinte

Quando você passa uma informação, é necessário criar uma comunicação emocional com seus interlocutores, assim você consegue instigá-los a tomar ações ou decisões com base nas informações que passou para eles.

Você pode inclusive utilizar gatilhos mentais para que eles compreendam e aceitem suas sugestões.

Outra maneira que pode ser interessante, é falar e envolver as pessoas no que você está dizendo. Precisa-se haver uma identificação e comprometimento de quem lhe escuta, quando a pessoa se sente confortável com o que você fala e se sente mais propensa a aceitar o que você pede.

Para elucidar suas palavras é possível utilizar histórias, metáforas e exemplos práticos, onde através do que se fala a pessoa possa fazer uma conexão consigo ou com uma situação em que viveu.

Isso ajuda no engajamento e pensar em histórias ou metáforas que que se aplicam a situação, criando uma forma mais assertiva de conseguir seu objetivo na comunicação e atingindo mais pessoas.

Pedir feedbacks durante a fala também é interessante para prosseguir com mais certeza do que está sendo dito.

 

2 – Conheça o perfil de quem irá receber a informação

Conhecer o seu público é importante para conseguir atingir resultados, fazendo com que seus argumentos sejam direcionados ao perfil do seu público.

Ao analisar a postura das pessoas nas reuniões, é possível extrair algo que você pode usar a seu favor. Essa é uma técnica de conseguir captar a atenção do seu interlocutor e também gerar identificação, visto que ele percebe que você presta atenção no que ele diz.

 

3 – Fundamente o que você está dizendo

Se quer ser ouvido sobre uma sugestão, é importante ter dados que demonstrem o que você está dizendo. É aquele velho ditado, “contra fatos não há argumentos“. Ou seja, descubra artigos embasados no seu argumento, isso ajudará no processo lógico de escuta e execução do que você está sugerindo.

Trazer fatos que complementem a sua fala, irá abrir caminhos para sua ideia ser ouvida e atendida na empresa. Ao passar informações é necessário que seja de forma concisa e relevante, para conseguir expressar a sua opinião de forma clara.

Você pode se interessar também pelo artigo: “Desenvolvimento de Talentos na empresa: 7 passos para você seguir.”

 

4 – Preste atenção às palavras e ao seu tom de voz

Ao se comunicar deve-se prestar atenção ao que vai ser dito e no seu tom de voz. Ao ter esse cuidado, você irá conseguir fazer com que o ouvinte compreenda sua colocação e não haja duplas interpretações não intencionais. Neste sentido, conhecer o nível de entendimento de quem está te ouvindo, será tarefa essencial para a compreensão.

Positividade na linguagem também é importante para a recepção do ouvinte. Mesmo ao abordar fatos negativos, é possível trazer uma perspectiva positiva de forma a ajudar na percepção geral do que foi dito. E para isso, é essencial observar o que se diz e direcionar para um foco qualitativo e não pejorativo.

 

5 – Comunicação não-verbal também é importante

O corpo fala, e a ciência já provou que 55% da nossa comunicação é não-verbal, seja com gestos, olhar, ou mesmo com o tom de voz. Um gesto muitas vezes demonstra mais do que palavras. Ou seja, busque manter a calma na hora de se comunicar.

Pode ser útil focar em uma única pessoa se estiver fazendo uma apresentação, mas caso esteja falando diretamente com alguém, faça contato olho no olho que isso irá passar mais confiança. Além disso, expressões faciais neutras ou adaptadas ao que está sendo dito, é a melhor forma de ajudar os ouvintes a serem receptivos à mensagem verbal e corporal, pois ambas estão alinhadas.

Existem livros que falam mais sobre a linguagem corporal, como: “O corpo fala: A linguagem silenciosa da comunicação não-verbal” dos autores Roland Tompakow, Pierre Weil, caso queira se aprofundar no que as expressões e gestos das pessoas tendem a dizer.

Use a comunicação de forma assertiva e mude a realidade de ser constantemente ignorado em sua empresa.

 

Artigo produzido por Pamela Rocha e editado por Cibele Marques.

Equipe Como Contratar Um Estagiário

 

Referências:

www.edools.com/

athusrh.com.br/ 


  •  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *