Feedback profissional: Aprenda 5 dicas fundamentais sobre como dar feedback para estagiários

Um homem e uma mulher no ambiente de trabalho, estão conversando sobre projetos da empresa sentados, ele gesticula algo para a mulher sobre as folhas em sua mão, e a mulher está prestando atenção no que ele expressa.

Atualmente, interagir e se comunicar com os funcionários da empresa são atitudes fundamentais para o sucesso de qualquer organização.

Mas para que isso ocorra de forma eficaz, é preciso ter uma boa desenvoltura na hora de dar os devidos feedbacks sobre o desempenho dos seus colaboradores, de modo que estimule o aprimoramento de suas habilidades ao invés de desmotiva-los.

Você já se perguntou o que seria dos grandes atletas esportistas de sucesso hoje, sem os feedbacks construtivos que receberam de seus treinadores?

Pensando nisso, focar em desenvolver a cultura do feedback na sua empresa pode ser uma das principais ferramentas para que você otimize a produtividade e lide com os diferentes perfis de profissionais contratados, dentre eles os seus estagiários.

 

Confira nossas dicas de como dar um feedback profissional e construtivo para o seu estagiário:

 

 

Primeiramente, o que seria um feedback?

Um feedback funciona como um regulador comportamental. Consiste na comunicação das observações do gestor sobre o papel executado por seus funcionários.

Esse retorno pode ser distinguido basicamente da seguinte forma:

  • Feedback Corretivo
    Quando o desempenho do contratado não atinge as expectativas geradas para o seu cargo, produzindo assim a necessidade de que sejam corrigidos e orientados para o desenvolvimento dos comportamentos alinhado ao padrão exigido.

 

  • Feedback Positivo
    Refere-se à quando o empregado apresenta uma performance de trabalho dentro do que se espera dele, e assim são incentivados à reafirmar o mesmo padrão de comportamento.

 

E qual é a diferença de dar um feedback para estagiários?


Inicialmente, o que você precisa ter em mente é que o perfil profissional de um estagiário refere-se a alguém que está iniciando no mercado de trabalho, posto isso, são mais suscetíveis a possuírem inseguranças sobre o seu desempenho e resistências á críticas.

Portanto, são necessários alguns cuidados para conscientizá-los de seu próprio desempenho, garantindo que a partir do seu feedback eles se qualifiquem e desenvolvam a postura profissional que atenda aos objetivos da empresa.

Veja a seguir o que considerar na hora de oferecer o melhor feedback para o seu estagiário!

 

 

Como dar um feedback construtivo ao estagiário?

 

  1. Ofereça informações suficientes

Especifique o que você julga como um comportamento adequado, alinhado com os objetivos e propósitos da sua empresa.

Dê exemplos concretos do comportamento específico desejado por você, diga qual caminho ela deve seguir e o que você gostaria que fizesse diferente.

Comunicando o que você espera da função exercida pelo estagiário, este saberá se está indo na direção certa e evitará o desperdício de tempo, energia e dispersão do objetivo das atividades desempenhadas.

.

  1. Comunique o que observa de forma construtiva

Valorize e motive os pontos fortes do desempenho do estagiário, mas também saiba se colocar quando há pontos que precisam de melhorias e de uma atenção maior.

Neste momento, busque focar mais  nas soluções para os problemas surgidos, ao invés de focar no erro e apenas reforçar o peso de uma atitude negativa.

 

  1. Atenção redobrada ao dar um feedback corretivo

Lembre-se que, um feedback é uma estratégia que possui o intuito de aperfeiçoar o desempenho dos seus funcionários, e assim conquistar os melhores resultados para a sua organização.

Portanto, tenha muito cuidado para não confundir um desabafo ou um julgamento de personalidade permeado por descontrole emocional, de um feedback estritamente profissional focado nas ações. Saiba criticar sem desmoralizar ou desvalorizar os seus colaboradores.

 

  1. Utilize a linguagem adequada

Desenvolver a capacidade de falar de forma clara, objetiva, em um tom de voz adequado e com as expressões corporais tranquilas, garante que você tenha controle das suas atitudes e emoções.

Desta forma você aumenta as chances de seu feedback ser interpretado
e entendido da melhor forma pelo estagiário, evitando erros de comunicação.

Atente-se para não deixa-lo acuado sobre a conversa que terá com você, deixe explicito que esse tipo de comunicação é algo comum da cultura da sua organização, e que o objetivo dos feedbacks visam o desenvolvimento de qualidades profissionais dos seus empregados.

 

  1. Saiba quando dar o feedback em público ou individualmente

Quando as suas observações a respeito da atividade do estagiário forem positivas, indica-se que fale na frente dos outros funcionários, uma vez que isso motivará os demais à otimizarem suas atividades com o intuito de também receberem um elogio seu.

Porém, quando o que você tem a dizer para o estagiário for um feedback corretivo, convide-o para uma conversa num local privado. Desta forma você evitará todo um movimento de possíveis humilhações e exposições desnecessárias, fato que dificultaria ainda mais o processo de modificação e melhoria das atividades desempenhadas.

Quanto à frequência, o indicado é que os gestores ofereçam seus feedbacks periodicamente, através de uma comunicação regular em que o feedback seja relevante. Viabilizando ao estagiário tempo para se adaptar e desenvolver as capacidades solicitadas para o seu desempenho.

 

Através destas 5 dicas, você já pode organizar a sua atuação quando for necessário dar um feedback de qualidade aos seus estagiários. Contribuindo assim, para haja as alterações benéficas de comportamentos da sua equipe e consequentemente, os melhores resultados para o seu cotidiano de sucesso organizacional.

 

E então, você já possuía a cultura do feedback na sua empresa? Agora sabe como dar um feedback profissional para os seus funcionários?

Esperamos que esse artigo tenha sido útil para você, veja também outras dicas aqui no blog e aprenda as vantagens de contratar estagiários através do Seguro Estágio, acesse o link e saiba mais!

Se esse post ajudou você, compartilhe com algum amigo, poste nas suas redes sociais e ajude outras pessoas. Deixe-nos saber suas dúvidas e sugestões nos comentários.



Fontes:

Missel, S. (2016) Feedback Corporativo – Como saber se está indo bem. Livro.

Mota, R. C. A. (2019) O feedback como ferramenta para o desenvolvimento da empresa e do colaborador. Disponível em:  http://catolicadeanapolis.edu.br/biblioteca/wp-content/uploads/2020/01/RAYSSA-CAROLINE-ALVES-MOTA.pdf

Equipe Impulse (2020). Feedback: Guia Completo. Disponível em: https://impulse.net.br/feedback-guia-completo/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *