RH tradicional versus RH estratégico: Qual a diferença?

  •  

RH estratégico

 

O setor de RH tem diversas atribuições essenciais para o funcionamento da empresa. Além de toda a parte de contratação, controle de jornada de trabalho, compra de benefícios e administração de atestados, ele também tem a função primordial de mediar a relação entre a empresa e os colaboradores de forma ética e equilibrada. Muito se fala sobre a evolução dos Recursos Humanos como um todo. Dentro desse tema de evolução das profissões, o RH estratégico surge como assunto recorrente entre os profissionais da área com o direcionamento de ser o futuro da profissão.

Porém, um dos maiores desafios dos profissionais é entender como diferenciar um RH que está estruturado para ser tradicional na empresa, de um RH estratégico organizado para obter informações fundamentais na compreensão dos colaboradores e tomada de decisão de sua empresa?

Neste cenário, como diferenciar os dois tipos de RH e aplicar suas diretrizes para modernizar a sua operação?

Acompanhe até o final para compreender as características de cada tipo de RH para que possa aplicar as diretrizes do RH Estratégico e revolucionar sua empresa.

 

Você pode gostar de ler: 7 tendências de recrutamento e seleção de funcionários

 

Características do RH Tradicional

 

Tarefas Manuais

Uma das características desse RH é que a maioria das atividades é feita manualmente. O recrutamento e seleção é feita através de análise manual dos currículos impressos o que demanda muito tempo, além disso, até mesmo a batida de ponto é feita através de preenchimento de folhas de papel com campos a serem preenchidos a caneta pelo colaborador, ou mesmo cartão ou livro ponto.

Além desses processo, todas as informações são passadas para uma planilha, as faltas, benefícios e DSR são calculados com base nessas informações manuais. Por fim os contratos que são renovados anualmente também são impressos e armazenados em arquivo, necessitando de toda uma estrutura física, mesmo pagamentos de contas e boletos, recibos, holerites são impressos e ficam arquivados na empresa.

 

Burocracias

O excesso de burocracia acaba por atrapalhar os processos de várias formas, um exemplo comum é quando uma contratação depende de várias aprovações para ser concluída. Essa demora para dar um retorno aos candidatos pode acarretar na perda do mesmo candidato para outra empresa. Outro exemplo é o processo de compra de benefícios dos colaboradores que dependem da liberação de gestores, as reuniões sem objetividade que tiram muito do tempo dos colaboradores e gestores, entre muitos outros processos burocráticos que muitas vezes tornam-se contraproducentes.

 

Estruturas Verticalizadas

Neste modelo, o sistema da empresa costuma ser hierarquizado e os organogramas são verticalizados, assim como os modelos de gestão são autoritários, fato que muitas vezes atrapalha no desempenho da empresa de forma geral, além de espantar os talentos que valorizam outros modelos de gestão.

 

Características do RH Estratégico

 

Automatização de Atividades

Nesta modalidade de RH, uma das características marcantes é que a parte de recrutamento e seleção pode ser feita de forma automatizada utilizando sites e programas de recrutamento que aceleram o processo de adequação das características do colaborador às necessidades da empresa.

Outra característica condiz com o controle de horas trabalhadas, que também pode ser feita de maneira otimizada e trazendo informações em tempo real através dos softwares de gestão de ponto. Um exemplo disso é a batida de ponto, que pode ser feita através de um aplicativo instalado em um tablet ao invés de um relógio de ponto. Assim, esses softwares permitem a extração de relatórios precisos que trazem informações valiosas para a empresa, sem contar que o tempo dos profissionais de recursos humanos acaba sendo otimizado na eliminação de tarefas manuais.

 

Valorização do colaborador

Nesse tipo de gestão é estimulado a relação de troca, onde a empresa e o colaborador tem direitos e deveres a serem cumpridos para uma relação de trabalho mais transparente e assertiva. Assim, gestores e colaboradores se unem em uma relação de apoio mútuo em busca das melhores estratégias para chegar em um objetivo comum: o sucesso da organização.

 

Modelo flexível de gestão

Neste modelo, a gestão de RH tem um papel crucial na relação de trabalho, pois, compreende o colaborador como um ser humano completo, concentrando esforços para que haja um equilíbrio entre produtividade, saúde física e mental, o que estimula a automotivação. Além disso, fornecem benefícios mais abrangentes e oferecem melhores oportunidades para o desenvolvimento do colaborador.

 

Diferenças entre RH Tradicional e RH Estratégico

O RH Tradicional está muito atido a valores autoritários, processos burocráticos, poucas mudanças e flexibilidade, costuma seguir a máxima de “sempre funcionou assim, não é agora que iremos mudar”.

Já o RH Estratégico visa uma melhora constante dos processos, automatizando a maior parte das atividades e principalmente, é focado no capital humano, flexibilização nos processos, investimento em comunicação interna, cultura e clima organizacional, o que ajuda na contratação e retenção de colaboradores mais engajados e alinhados aos objetivos da empresa.

 

Você pode gostar de ler: Reduzir custos na empresa: 6 dicas para diminuir seus gastos!

 

Porque fazer a mudança do RH Tradicional para o RH Estratégico

Com a pandemia mundial, a forma em o que o RH tradicional habitualmente trabalhava foi obrigada a se modernizar. Muitas empresas tiveram que aprender a gerir os colaboradores a distância e se adaptar ao home office, o que já foi uma evolução, porém, ainda se mantêm muitas das estrutura arcaicas.

Alguns exemplos dessas estruturas ultrapassadas são o controle manual dos colaboradores, preenchimento constante de papeletas e planilhas, acúmulos desnecessários de papéis e assinaturas que poderiam ser feitas digitalmente, burocracias desnecessárias, excesso de documentações entre outras características.

Assim, o RH tradicional tornou-se ultrapassado e muito operacional, fazendo com que os profissionais sejam tomados por atividades básicas que poderiam ser evitadas ou automatizadas, considerando que muito destes processos não são melhorados, sendo uma constante de atividades repetitivas.

O RH Estratégico, por sua vez,  vem justamente para repensar esse cenário, trazendo soluções automatizadas e permitindo que as informações trazidas pelo RH ajudem na tomada de decisões dentro da empresa, desde a seleção, sincronizando as características do colaborador a ser contratado com os objetivos estratégicos da empresa.

Outra característica do RH Estratégico é planejar as formas de evolução do colaborador dentro da empresa. Logo, pensar em RH estratégico é compreender que ele pode agregar informações para todas as áreas da empresa tornando-se uma ferramenta crucial na tomada de decisões assertivas que influenciarão toda a empresa.

Além disso, o RH estratégico pode inclusive ajudar a reduzir custos na empresa, considerando os custos evitáveis e despesas desnecessárias. Um exemplo desses custos é a possibilidade de fazer a contratação direta dos estagiários ao invés de pagar a mensalidade de uma agenciadora de estágio, visto que esta não é obrigatória, podendo ser substituída somente  pelo seguro estágio que pode ser contratado em nosso site.

 

Você pode gostar de ler: Seguro para estagiário: entenda como funciona e onde contratar!

 

Esperamos ter ajudado você na tomada de decisão para mudar para um RH Estratégico

Artigo produzido por Pamela Rocha, revisado e editado por Cibele Marques.

Equipe Como Contratar Um Estagiário


  •  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *